29 de novembro de 2014

Cenário pós apocalíptico - Post apocalyptic environment

Pintura digital pós apocalíptica baseada no cenário de Shadowrun.

Post apocalyptic environment concept art digital painting based on Shadowrun.

26 de novembro de 2014

Shieldmaiden - She Dwarf - Fighter


Desenho que fiz, à pedido, para uma aluna do ensino fundamental.

Papel pardo
Aprox. 25x25cm
Giz de cera e lápis de cor comuns.
Com alguns ajustes em programa de edição.

18 de novembro de 2014

Xirú véio

Xirú véio... Desenho instantâneo de explicação, para alunos interessados em representação.

Estou definitivamente em um caso de amor com papel pardo. Valores de claro e escuro ficam muito mais evidentes nessa cor de papel!

3 de novembro de 2014

Desenhos que fiz para meus alunos.








Comprei uma caixa de giz de cera para encorajar a meninada a misturar as cores e para mostrar que dá para fazer um trabalho razoável com material barato e comum.
Nesta imagem, justaposto às minhas ilustrações, podemos ver o trabalho de um aluno. Repare como ele aventura-se com timidez na criação e no desenho, assegurando confiança e coragem para dar um salto firme e determinado na direção de soluções para a profundidade de sua pintura!

Profundidade é iluminação, e cor é luz! E são crianças aprendendo pintura!

28 de agosto de 2014

Gorfinck, o meio-orc pescador - Gorfinck, half-orc fisherman.

Gorkfinck, o pescador da Vila do Espinhaço. O retrato foi tomado por um artista da capital. Segundo ele, que viaja com patrocínio real para estudar os povos e costumes da região, o meio-orc foi um bom modelo, apesar das dificuldades do mal cheiro... Pior que ele, só os meio-orcs que cuidam dos estábulos, reforçou o pintor.

5 de março de 2014

Gib the Dwarf Fighter - Guardian Of The Northern Borders - Guardião das Fronteira do Norte


"BARBAS NEVADAS

No norte distante
Na planície congelante
Além do Rio Isen
Eles resistem!

São guerreiros secretos
De juramentos perpétuos
Olhares inquietos
Duros como o aço!

Como ursos na neve
Camuflados no gelo
Não ouvem apelo,
Fazem o inimigo sangrar!

Lá os Orcs do norte
e os bárbaros da enseada
Deixam a neve encarnada
Recebem a morte no gelo!

São mil batalhas travadas!
De armas pesadas!
As armaduras, marcadas!
Melhor respeitar!

Eles guardam a fronteira!
Eles guardam a fronteira!
Eles guardam a fronteira!

Não cruze a fronteira!"


Esta canção foi registrada na taverna "Olho de Peixe", de Sargoth, sob a interpretação musical do bardo Wilton Bigode-Duro***. Ela versa sobre as proezas de um misterioso grupo de guardiões, nas planícies ao norte do Rio Isen. Poucos acreditam na existência destes homens, e sempre com dúvidas acerca de seus propósitos e bondade. Porém, até o presente momento ninguém enxergou recompensa que compensasse o esforço de acabar com a dúvida.

***
É preciso considerar que, além de Wilton Bigode Duro, outros 3 bardos da fatia norte do Reino reclamam a autoria desta canção. Segundo eles mesmos, o caso não será levado aos senhores, pois temem um julgamento injusto que possa levar todos à condenação por fraude e difamação. As penas previstas, de apreensão de instrumentos 
e amputação dos dedos indicadores lhes parece assustadora. Contudo, há rumores de que os 4 continuam trocando ferozes ameaças, inclusive em forma de canções e ousadas performances. Nurfus Bigode de Bagre, pescador frequentador da taverna "Olho de Peixe", afirmou que as músicas provocadoras dos bardos tem atraído mais ouvintes para as tavernas, fazendo mais sucesso que "as canções centenárias que todos já conhecem." "Só é uma pena que eles deixaram de fazer apresentações juntos", lamentou ainda o pescador.

13 de fevereiro de 2014

Castle Falkenstein's character - Cavalry Captain Bento


Este é o Bento, senhor Capitão dos Dragões da República, unidade de cavalaria estacionada na cidade de Pelotas, ao sul da República do Rio Grande do Sul. No jogo em questão, Bento trabalhou no serviço secreto da república riograndense sobre o codinome "Barrete Frígio". Na operação em que jogamos eles tinham que evitar o possível assassinato do Imperador do Brasil em um baile de gala que ocorreria na cidade para celebrar o respeito e reconhecimento mútuo entre o Império do Brasil e a jovem República gaúcha, recém independente. A trama foi intensa, com momentos de tensão durante as investigações, que envolveram as gentis senhoritas de uma casa de tolerância, envolvidas na conspiração até o pescoço, sem saber de nada!
O baile nunca aconteceu, a crônica nunca terminou! Mas acho que conseguiríamos, embora meu comportamento de jogo não tenha sido propriamente vitoriano, segundo o narrador. Não discordo dele, a sociedade vitoriana ainda é um mistério para mim.

12 de fevereiro de 2014

Dwarf women warrior - Silín

Prática do dia! Desenho de personagem com estudo de composição e paisagem! Tentei deixar uma pincelada que se assemelhasse aos sulcos que uma goiva deixa na madeira da xilogravura.


A anã é a personagem da minha namorada em uma crônica de D&D que estou narrando. Alguém aí é Beta-tester de D&D 5? Como está ficando? Alguém sabe?