23 de junho de 2010

Arma exótica para D&D: "VUVUZELA INFERNAL"

Nome: "Vuvuzela Infernal" ou "Orkzela"

Porte: Arma de uma mão.

Preço: 1 PP

Dano (Pequeno): 1d4 Dano (médio): 1d6

Decisivo: x3

Incremento de distância: 20m (+10m a favor do vento e -10m contra).

Peso: 0,5 kg

Tipo: Atordoante


Ataque especial: "Estoura tímpanos"(Rölajabulaní, em élfico); deixa o inimigo "surdo" por 1d4 semanas, mais 2 semanas com penalidades respectivas de -4 e -2 na perícia "Ouvir".


Origem: Acredita-se que as "Vuvuzelas Infernais", ou "Orkzelas", como comumente são chamadas, tenham sido criadas pelos anões, como um equipamento de comunicação de guerra, mas adaptadas e encantadas pelos orks para servirem como uma arma. Entretanto, não se sabe exatamente onde os Orks tiveram contato com esse equipamento. Alguns creem que eles devem ter conhecido as vuvuzelas em combate, mas os anões negam veementemente: "- Nunca deixamos um ork escapar vivo de uma batalha!".


Regras de combate com vuvuzela:

A jogada de ataque com "Vuvuzela Infernal" é um teste de CONSTITUIÇÃO, devido ao sopro, feito contra um teste de FORTITUDE da vítima. Se a vítima rodar no teste de resistência, o atacante rola o dado respectivo ao dano e aplica os modificadores pertinentes - se houver algum(s). Personagens com os talentos "Pulmão forte" ou "Foco em arma: vuvuzela infernal" aplicam os seus modificadores nestes testes.

Um personagem exposto ao som contínuo - que é considerado o equivalente a 3 tentativas de ataque - de 'vuvuzelas infernais', deve fazer um teste de resistência de VONTADE a cada 3 rodadas. Em caso de fracasso nesses testes, o personagem larga qualquer coisa que estiver segurando(armas, corda com amigo pendurado no precipício, tesouro caindo do convés, etc) para cobrir os ouvidos, ou é obrigado a fugir 'correndo', usando uma ação de movimento de rodada completa. Se o personagem for exposto novamente ao som das vuvuzelas, ele sofre -2 de penalidade no próximo teste de VONTADE. Essa penalidade é cumulativa.

O personagem que for exposto excessivamente ao som das "vuvuzelas", como nos casos de tortura, sofre os efeitos do ataque especial "Estoura Tímpanos" e, mesmo que tenha sido "curado", fica completamente surdo por 1d4 semanas, mais 2 semanas com penalidades respectivas de -4 e -2 na perícia "Ouvir".

Se um personagem sofrer mais que 20 pontos de dano de uma vuvuzela, ele é obrigado a fazer um teste de resistência de FORTITUDE. Se rodar, ele se torna um "meio-surdo" e perde permanentemente a perícia "Ouvir" e todas as graduações que tinha nessa perícia. Isso não impede o personagem de continuar fazendo testes de "Ouvir", mas o impede de graduar essa perícia e de aplicar qualquer tipo de modificador a esses testes; o seu personagem ficou com sequelas graves!

Talento "Pulmão Forte": Todo personagem que possui esse talento tem uma capacidade pulmonar muito boa, considerada acima do normal, o que lhe concede um bônus de +2 em todos os testes que envolvam sopro e/ou respiração. Alguns exemplos são: Utilizar uma zarabatana, mergulhar, tocar instrumento de sopro.

17 de junho de 2010

Para quem gosta de "Shadowrun"

"Sob a sombra da torre corporativa os shadowrunners correram, cruzando o pátio sob a camuflagem concedida pela neblina. Segundo as informações que haviam conseguido, os equipamentos de segurança do setor sudoeste estavam em manutenção, o que facilitaria a entrada, mas não queriam correr riscos; sabiam que não haveria outra chance como essa tão cedo e os guardas poderiam surgir a qualquer momento.
No outro lado do quarteirão, sobre uma caixa d'água no terraço de um prédio, um xamã em transe pedia aos seus antepassados para que ajudassem os seus companheiros em mais uma jornada. A lua, brilhando amarela sobre tudo, parecia observar a operação. Mais um roubo, mais uma noite, mais um episódio na guerra das corporações... Nada que mudasse o grande curso do universo. E só o xamã sabia disso."
Tiarles M. Rodeghiero

No topo, uma composição que fiz com um desenho de um amigo; o HS. Abaixo, o desenho original que eu arte-finalizei.
Para ver mais Graffites e desenhos dele:

Em breve, mais desenhos de RPG!
Até!

10 de junho de 2010

HELLBOY tem família? Um tio ele tem!



"- Por que não esperamos o reforço chegar?
- É verdade, sargento, o grupo de operações especiais já está a caminho...
- Negativo! Nós somos pagos para isso, vamos em frente! Peraí... Que cheiro forte é esse? Parece enxofre.
..."
Últimas palavras dos homens do batalhão de resgate
da polícia militar, no caso batizado: "n°666".


Estou longe do BLOG por um tempo para estudar para concursos e procurar um emprego. Só hoje, por milagre, fiz uns desenhos rápidos no photoshop e acabou saindo esse aí. Estou tentando aprender alto contraste à moda Mike Mignola; o gênio que criou o personagem HELLBOY e que tem o estilo de desenho que talvez seja o meu preferido - entre centenas.

"Quando crescer quero ser que nem ele!"

É isso aí. Até mais, pessoal!