29 de agosto de 2008

Epopéia photoshópica.


"Os ponteiros do relógio se unem para anunciar o fim de um dia e o início de outro. Não para todos. Nas docas da cidade... mais um crime inexplicável.
Mais um carro com os vidros suados voando do cais rumo ao fundo do mar. Um mergulho sem volta para quem quer seja o infeliz no volante.
A máfia das prostitutas ganhando força."

hahauahauhahua

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode comentar na modalidade "anônimo", sem precisar LOGAR em nenhuma conta.
Sua opinião e crítica são fundamentais; obrigado por comentar!