29 de agosto de 2009

Morfologia das Fadas

(Certa vez acordei estranho, com uma frase e uma imagem na cabeça. A imagem era a cabeça desse bicho aí e a frase: "Morfologia das Fadas". Aí, sem ligar muito, terminei de acordar e fui para a faculdade. Mas a imagem e as palavras permaneceram nos meus pensamentos. E no início da tarde, com a ajuda da cor azul da biblioteca do ICH - UFPel, causadora de incrível preguiça e sono, abandonei meus estudos para me dedicar às lembranças do sonho. Comecei desenhando a cabeça, que ficou muito fiel a que eu vi durante a noite. Depois, pensando na "morfologia das fadas",que na verdade nunca foi definida (por que será?), inventei um corpo para ele. Enfim, aos poucos, a criatura foi começando a "existir". E aí está ele. Bem excêntrico. Quem disse que as pessoas não podem ver os sonhos dos outros? Tente você também por os sonhos no papel. É um exercício curioso.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você pode comentar na modalidade "anônimo", sem precisar LOGAR em nenhuma conta.
Sua opinião e crítica são fundamentais; obrigado por comentar!