15 de novembro de 2011

Promoção: Como é/era o seu personagem de RPG favorito? Participe e concorra a um desenho dele!

E aí pessoal! Temos mais um desenho! Desta vez é a maga Jocasta Príamo, do cenário de RPG: TAGMAR. A descrição que a jogadora me deu dela foi a seguinte:

Maga Ilusionista. Cabelo comprido e negro, preso em forma de rabo de cavalo. Olhos negros com expressão de vazio e sorriso comedido, já que ela está descobrindo sua força interior. Tem 1,65m de altura e pesa 64Kg. Veste roupas de aventureira. Utiliza uma adaga como arma, mas usa mesmo as magias MÍSSEL MÁGICO, PADRÃO PRISMÁTICO e REFLEXOS.

Obviamente eu tentei fazer o desenho o mais parecido possível com a descrição. Então, o que tenho a argumentar em minha defesa?
Jocasta é humana e tem uma história de vida conturbada e triste, portanto, tentei evitar que ela usasse armas, equipamentos ou vestes rebuscadas, que pudessem dar a intenção de serem caríssimos e/ou de terem sido confeccionados por mestres artesãos élficos, por exemplo.
Como ela usa apenas uma adaga, além das magias, presumi que ela fosse bastante ágil, então representei-a de costas, em uma posição dinâmica, mostrando-se confiante e sem medo. Ela mira o provável inimigo com sem expressar ódio ou perplexidade. É apenas um olhar estudioso, que esconde seus verdadeiros sentimentos. O sorriso comedido, sim, deixa transparecer um sinal de alegria com o decorrer positivo das ações, que parecem estar dando certo para ela, pois no chão uma armadilha de pedra repousa, destruída, com os seus antigos poderes mágicos se esvaindo.
Como Jocasta é maga, busquei representá-la fazendo o que ela provavelmente faz melhor: magias. Então, aí está ela, deleitando-se enquanto a "mana" brota dos seus dedos dando forma à um MÍSSEL MÁGICO. Há quem interprete como o início de outra magia dela: o PADRÃO PRISMÁTICO, que tem um efeito semelhante ao de um calidoscópio, que pasma as vítimas com seu brilho cintilante... Não desgosto dessa interpretação. De qualquer forma, a ilustração é como um quadro; quem tiver paciência vai percorrer os detalhes, interpretá-los e construir uma história à sua maneira... O que interessa é que tentei representar uma Jocasta que se diverte, contente com a eficácia de seus conhecimentos mágicos, que até agora tem lhe provido o poder mínimo necessário para vencer suas desafiadoras aventuras. Acho que é isso. 

Quanto à promoção, ela continua! Para participar:
Você comenta esta postagem com uma - detalhada - descrição do seu personagem de RPG favorito e concorre a um desenho dele. Simples assim! Eu faço uma lista com todos eles e, de acordo com minha disponibilidade de tempo, tentarei desenhar os personagens que mais me chamarem a atenção. Portanto, capriche nos detalhes da sua descrição e não esqueça de deixar um e-mail para contato, para o caso de você ser contemplado! É simples! Vai ser divertido relembrar e/ou descrever o seu personagem favorito. Participe!


Lembrando que, se você for contemplado, me comprometo apenas em lhe enviar uma cópia DIGITAL da ilustração, por e-mail, gratuitamente, a qual não poderá ser alterada, vendida ou utilizada comercialmente de maneira alguma, sob pena de violação de direitos autorais. A divulgação do desenho sem objetivo comercial será permitida, contanto que os devidos créditos sejam dados a mim, o autor da ilustração. Poratanto, ao participar da promoção postando um comentário com a descrição de um personagem, você está automaticamente CONCORDANDO que os direitos autorais, morais e de propriedade das ilustrações produzidas por mim através desta promoção são integralmente meus. Agradeço a sua colaboração!


Veja aqui outros desenhos, frutos da mesma promoção:
Paladino


Obrigado a todos que confiaram e já participaram da promoção!


Forte abraço!

11 comentários:

  1. Como maldições simplesmente não funcionam mais em mim - eu meio que morri pra ficar imune a isso... - eu nem ia postar.
    Mas como sou um amigo desenhista chato... Lá vai.
    A pose ficou boa. A anatomia também. Nas acho que faltou um pouco mais de panejamento pra que a roupa ficasse ideal. Ficou muito, muito reta. Podia ter "marcado" mais a cintura, e colocado um pouco de drapeado.
    No que diz respeito à luz, ela está boa, no geral. Mas creio que podias ter aproveitado melhor a luz da magia pra deixar o rosto um pouco mais sombrio.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Domênico. Críticas e dicas extremamente úteis e interessantes!
    Eu queria uma capa de couro e pouco drapeado, mas concordo que realmente faltou um pouco. Quanto à valorização da luz da magia e a escuridão no rosto dela; esse foi um conselho novo e devastador. Sinto que é de um patamar da disciplina ILUSTRAÇÃO ao qual ainda não cheguei, mas que me chamou muito a atenção. Me lembrei do estilo feroz do Wayne Reynolds - que, aliás, foi tu me recomendou há uns 4 anos atrás - e fiquei com isso na cabeça. Muito bom. Valeu!

    ResponderExcluir
  3. arestas tiarles, arestas.

    ResponderExcluir
  4. Salve Tiarles, passei algumas eras afastado da internet. Daí quando entrei novamente no seu blog fui tomado de alegria ao ver o nome do Garath SangueNegro figurando na lista de personagens desenhados por você na promoção. No entanto ao ver o desenho fiquei meio decepcionado, entendo que a criatividade de uma artista as vezes o leva a fazer coisas incomuns, mas poxa, aquele não é o Garath SangueNegro que existe na minha imaginação, nem de longe. Sei que provavelmente estarei sendo extremamente cara de pau dizendo isso, mas você poderia fazer um desenho dele sendo fiel a descrição?

    "Garath SangueNegro é um bárbaro humanos alto e esguio mas com músculos bem definidos. Ele está sempre de cara fechada, mas com os olhos e ouvidos atentos, seus olhos transmitem uma profunda sensação de raiva e remorso. sua pele é pálida (quase cadavérica) e seus cabelos negros, na altura das costas e repicados; ele usa uma trança grosseira no lado esquerdo amarrada com uma tira de couro fina. A armadura de couro preto que usa já foi remendada várias vezes e é reforçada com ossos em vez de rebites de metal e sua arma é uma grande foice de duas mão com a lâmina já um tanto gasta e cabo de madeira escura. Nas costas traz um arco curto e uma aljava de flechas."

    E se você for fazer o desenho por favor, desenha ele de calças, aquele camisão de couro ficou muito bisonho.

    ResponderExcluir
  5. Mas eu expliquei no texto da postagem, cara. Aquele NÃO é o Garath Sangue-Negro. É um meio-orc bárbaro do meu cenário próprio de RPG medieval. Não se desespere!
    O Sangue-Negro ainda figura na lista de espera, podes ficar tranquilo! :D

    ResponderExcluir
  6. Haha, que bom que tudo foi apenas um mal entendido. Espero ansioso por ver meu personagem em seus belos traços.

    ResponderExcluir
  7. Belo desenho, Tirales, voce deveria apenas usar traços mais leves, e investir mais no cenário, as cores estão ótimas.
    Abcs do Lipe

    ResponderExcluir
  8. Puts sempre entro atrasado quando tem promoção :(
    Parabens pelos desenhos bem bacanas mesmo
    Gostei muito do Poster Ventrue , gosto muito desse clã por que foi o primeiro livro de rpg que tive contato lá pros idos de 1996 puts maior tempão. As vezes eu tbm desenho mas ando fugindo do estilo rpg e perambulando um pouco mais pela arte pop se bem que as vezes denho unm orck ou outro hheheehhe

    Bom cheguei tarde para falar sobre meu personagem favorito mas sem duvida nenhuma era o Beldar o Bravo pj do livro introdutorio Firist Quest ele era show
    de De vampiro o meu pj preferito era a Alicia Stein Bach; Malkavian de 12ª bem louquinha que vivia em uma casa abandonada perto da Catedral Luterana ( Igreja Cabeluda, se não me engano destruiram a casa real a uns dois anos atras ) ela era ruiva cabelo comprido e amarrado como rabo de cavalo caiseta detona cuturno e calça jeans rasgada tocava em uma banda punk e gastei uns bons pontinhos para ela ter ingerir comida e poder fumar. Bons tempos de Escola quando nos reuniamos no bar para jogar o CAVG era foda. mas fica a saudade . O foda é não ter hoje nenhum grupo para jogar se bem que o tempo de sobra que tenho não daria nem para jogar uma partidinha de 3DeT.

    Falou té mais

    ResponderExcluir
  9. E aí Roma!
    Tua personagem já está na lista de espera! :D
    Legais os seus blogs também! Blogs vizinhos... Como foi que você achou o meu?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Olá, muito legal o site e essa proposta de desenho de personagens de RPG reinterpretados por você em forma de ilustração é mesmo muito bacana, parabéns.
    Não sei se você está dando continuidade a isso, mas de qualquer forma vou deixar a minha participação aqui, quem sabe não dá sorte né?

    A minha personagem se chama: Yama Nami
    é uma mulher com feições orientais, 1,70m e 60 kg, cabelos longos e negros batendo até a cintura, porém mais usados na forma de rabo de cavalo com uma fita curta prendendo-os em laço.
    Traja um kimono surrado, amarrado com uma faixa na cintura, apresentando um longo decote (porém seus são amarrados com faixas, permitindo melhor uso de suas habilidades com a espada) continuando em longa fenda na parte de uma das coxas, permitindo que dessa forma ela possa ter uma melhor mobilidade já que usa de sua agilidade como um dos grandes trufos, seus calçados são em madeira, típicas sandálias japonesas e duas meias curtas. Experiente espadachin, adota conceitos do Bushido no seu estilo de agir, porém não em sua totalidade, pois detém de um gosto extremo pelo sakê, e apesar de seguir o que é certo, aluga sua espada como mercenária para conseguir dinheiro e seguir com o seu objetivo. Quando criança, teve sua família (nobres) assassinada por demônios invocados pela sede de ambição de um membro importante da corte. Sendo a única sobrevivente, conseguiu escapar tendo em mente apenas a trágica morte de seus pais e o rosto do culpado. Sua sede de vingança a manteve exemplar no seu objetivo justificando o semblante sério, as vezes frio em seu rosto.

    Bom, é isso. Esse é um pouco do histórico dela.

    Abraços

    ResponderExcluir

Você pode comentar na modalidade "anônimo", sem precisar LOGAR em nenhuma conta.
Sua opinião e crítica são fundamentais; obrigado por comentar!