3 de março de 2013

Promoção: Concorra a uma ilustração do seu personagem de RPG favorito!



Este é um personagem que não chegou a sair do papel no meu próprio grupo de Dungeons And Dragons 3.5, mas eu obviamente não esperava que isso acontecesse e acabei ilustrando ele, seguindo as descrições do jogador que criou a ficha. Ele seria um anão guerreiro que ganhava a vida atuando como guarda de caravanas comerciais. Sua armadura seria uma loriga segmentada e suas armas de combate o machado e o escudo, conforme aparece ali. Sua montaria seria um pônei austrino ou pônei das neves, como vocês também podem ver... Enfim, gostei do desenho, embora ainda esteja inacabado - talvez para sempre -, e resolvi dividir com vocês. Queira ou não queira, ele também é um resultado da velha promoção de sempre. E ela ainda está de pé! Para participar:
Você comenta esta postagem com uma detalhada descrição do seu personagem de RPG favorito e fica concorrendo a um desenho dele. Quanto à escolha, não há sorteio! Eu faço uma lista com todas descrições e tento desenhar os personagens que mais me chamarem a atenção. Portanto, capriche nos detalhes da sua descrição e não esqueça de deixar um e-mail para contato, para o caso de você ser contemplado! É simples! Vai ser divertido relembrar e/ou descrever o seu personagem. Participe!


Lembrando que, se você for contemplado, me comprometo apenas em lhe enviar uma cópia DIGITAL da ilustração, por e-mail, gratuitamente, a qual não poderá ser alterada, vendida ou UTILIZADA COMERCIALMENTE de maneira alguma, sob pena de violação de direitos autorais. A divulgação do desenho sem objetivo comercial será permitida, é claro, contanto que os devidos créditos sejam dados a mim, o autor da ilustração. Portanto, ao participar da promoção postando um comentário com a descrição de um personagem, você está automaticamente CONCORDANDO que leu este comunicado e que concorda com os termos, entendendo que os direitos autorais, morais e de propriedade das ilustrações produzidas por mim através desta promoção são integralmente meus. Agradeço a sua colaboração!

E obrigado a todos que confiaram e já participaram até agora!


Forte abraço!

2 comentários:

  1. Gostei da Promoção! Bom, então vamos lá. Vou usar o meu personagem do Old Dragon.

    "Aldard é um clérigo humano, de pele clara, não tão clara quanto a dos Nórdicos das Montanhas, mas não tão negra quanto a dos Mouros do Sul. Seus cabelos curtos são tão negros quanto seu cavanhaque, e seus olhos parecem ser de um castanho também escuro. É um pouco gordo, mas sua altura ajuda a passar a imagem de um homem forte, não obeso.

    Usa uma Hauberk de cota de malha, e um elmo que pegou de um nórdico, além das luvas e da roupa de couro por baixo. Não podemos nos esquecer de um escudo de aço nas costas, onde fica sua amada Montante chamada Cleo. No quadril fica uma maça, e uma adaga, no caso de aparecer uma oportunidade para furar o olho de alguém.

    Com seu símbolo sagrado e pés fortes, Aldard caminha pelo reino espalhando a palavra do seu senhor Balion, sempre parando pra beber nas tavernas, enquanto resmunga sobre o deus guerreiro Balion ser melhor que um tal de Pelor."

    Ufa! Sabia que eu comprei todo o equipamento do Aldard com 110 PO? Não sobrou nem pra um gole d'água...

    ResponderExcluir
  2. Promoção muito bacana mesmo! Esse aqui foi o meu primeiro personagem de D&D 3ª edição, nos idos de 2005, antes de eu começar a mestrar. Ainda hoje ele dá as caras em algumas de minhas campanhas.

    Kiff do Crepúsculo era um elfo das Florestas Laranja da Ilha do Verão, um ladino de grande renome e um mago de fama duvidosa. Tinha a pele pálida, os cabelos vermelho alaranjados, com finas sobrancelhas negras e olhos verde esmeralda. Uma série de brincos e argolas adornava o lóbulo e a hélice de sua orelha esquerda, enquanto que uma tatuagem em formato de uma crescente negra figurava na lateral de seu pescoço. Usava botas marrons, assim como uma calça preta de couro e um colete de tecido verde adornado com fios de ouro, com vários bolsos para carregar objetos pequenos, como os que usava para arrombamentos. Às costas, carregava uma mochila surrada e um alaúde com detalhes prateados, um de seus bens mais preciosos.
    Seu familiar, um gato alaranjado, rondava o chão aos seus pés, muitas vezes tentando alcançar o grimório atado a cintura de seu mestre por um cordão de couro. Kiff não gostava de arcos, preferindo acertar os inimigos distantes com magias ou enviar criaturas aliadas para fazer o serviço sujo, mas para aqueles imprudentes que chegavam perto o bastante, ele carregava na cintura a espada mágica Ruína do Sábio, cujo punho era adornado com três esmeraldas e brilhava com aura prateada quando estava fora da bainha. Gostava de magias com efeitos devastadores, mas sabia apreciar os efeitos mais sutis, como os das Mãos Mágicas, que lhe permitiam roubar objetos e destrancar portas sem nem ao menos se aproximar do alvo.

    Claro que ele não começou exatamente dessa forma, mas foi isso que ele se tornou com o tempo e como permaneceu, até hoje.

    ResponderExcluir

Você pode comentar na modalidade "anônimo", sem precisar LOGAR em nenhuma conta.
Sua opinião e crítica são fundamentais; obrigado por comentar!